Patrocínios da Champions League

 

 

Como na Copa do Mundo da FIFA, a Liga dos Campeões da UEFA é patrocinada por um grupo de empresas multinacionais, em contraste com o único patrocinador principal normalmente encontrado em grandes ligas nacionais. Quando a Liga dos Campeões foi criada, em 1992, decidiu-se que um máximo de oito empresas deveriam ser autorizadas a patrocinar o evento, com cada corporação recebendo quatro placas de publicidade ao redor do perímetro do campo, bem como a colocação do logotipo em entrevistas pré e pós-jogo e um determinado número de ingressos para cada partida. Isto combinado a um acordo para garantir que os patrocinadores do torneio tivessem prioridade em propagandas de televisão durante os jogos, garantiu que cada um dos principais patrocinadores do torneio recebesse a exposição máxima.

As placas de publicidade são uma fonte de críticas, devido ao seu tamanho maior em relação aos de outras ligas ,como a Premier League. Seu tamanho maior significa que, em alguns campos, como o Etihad Stadium, Old Trafford, Anfield, e Stamford Bridge, as primeiras fileiras de assentos não podem ser usadas, porque as visibilidade do campo fica bloqueada pelo tamanho extremo das placas e, consequentemente, alguns donos de ingressos para a temporada não têm seus ingressos garantidos para os jogos e têm de se sentar em assentos que não são os seus habituais. Além disso, alguns estádios utilizam a área plana à frente das fileiras de assentos para cadeiras de rodas e assentos para deficientes, por isso as placas de reduzem drasticamente a capacidade destes tipos de assentos.

Os atuais principais patrocinadores do torneio são:

  • Ford
  • Gazprom
  • Heineken (com exceção da Espanha, Turquia, França, Suíça e Rússia, onde o patrocínio de álcool é restrito. Na Espanha, França e Suíça, a placa da Heineken é substituída por um “Aprecie com responsabilidade” ou uma placa que diz “abra o seu mundo” e na Rússia a placa da Heineken é substituída por uma que diz “não ao racismo”).
  • MasterCard
  • Sony Computer Entertainment Europe
  • PlayStation é a marca anunciada.
  • UniCredit
  • Adidas é a patrocinadora secundária e fornece a bola oficial, como faz em todas as outras competições da UEFA. O Pro Evolution Soccer da Konami é também um patrocinador secundário como o jogo de vídeo game oficial da Liga dos Campeões.

Clubes individuais podem usar camisetas com propaganda, mesmo que haja conflito com os patrocinadores da Liga dos Campeões.

No entanto, apenas um patrocínio é permitido por camiseta, além daquele do fabricante do uniforme (exceções são feitas para patrocínios de caridade. Na última temporada o Chelsea, por exemplo, exibiu a Right To Play como patrocinador secundário), e se os clubes têm um jogo em um país onde a categoria de patrocínio relevante é restrita (como é o caso da França, com o álcool), então eles devem remover o logotipo de suas camisetas.

Anúncios